8 de agosto de 2010

Devo tudo aos pais e o maior de todos, Deus... História de dia dos pais.

Oi!  Boom hoje é dia dos pais e até agora foi bem doido o dia.. Mas antes de você ler essa postagem, assista esse vídeo que eu achei por acaso. ( Na verdade eu estava procurando um vídeo de paciência na leitura para você querer ler essa postagem que é enorme. Mas achei um vídeo que toca o coração da gente. Assista tudo.)

Tudo começou assim:
Eu acordei e fui para a cama do meu pai com o presente de dia dos pais da escola, aí ele gostou e blá blá blá...Depois eu li ''As belas histórias da Bíblia'' ( Livro que eu leio no lugar da lição da escola sabatina) e meu pai disse pra gente ir  do centrão ao parque barigui de bicicleta e andar por lá. ''É muito longe'' - eu disse-  Aí meu pai falou que hoje é dia dos pais e eu tinha que passar mais tempo com ele e tal. Então eu decidi ir porque hoje é dia dos pais e eu tenho que passar mais tempo com ele e tal. Aí lá fomos nós atravessar o mar vermelho  com a turma da Mônica. Depois de ter andado do Sol até a lua do centro ao parque barigui, dado uma volta, passado de parque e dado mais uma volta na outra parte do parque barigui eu disse que eu estava cansada de andar de bicicleta e meu pai disse assim: ''Eu devia ter ido jogar tênis (esporte preferido dele).'' Eu fiquei tão, mas tão , mas tão ofendida que saí andando de bicicleta bem rápido na frente dele e fui andando. Ele me chamou um monte mas eu não dei atenção. Como eu morei por lá do tempo dos dinossauros uns 2 anos e já conhecia por lá decidi voltar pra casa sozinha. ( Do parque barigui ao centro) Lá fui eu....
No caminho eu encontrei um monte de gente que me ajudou a continuar, como por exemplo três japoneses. O primeiro me disse como chegar ao centro. O segundo sorriu pra mim um sorriso bem legal (ele é pai, os três são pais- eu acho) e o terceiro pegou a garrafinha de  água que caiu no meu de uma rua muito movimentada. Aí eu cheguei em casa , tirei meu tênis, fiz oração agradecendo que nada de mal aconteceu, ( a chave de casa estava comigo) e liguei pro meu pai falando que eu eu tinha chegado em casa. Aí ele perguntou por que eu tinha saído e eu disse o porque que eu já escrevi. (Porque ele me ofendeu) Aí ele desligou o telefone na minha cara e eu fiquei bem paz e amor. Depois eu fui tomar banho e vim mecher no computador pra contar isso em compensação de ter demorado pra fazer postagens. Agora eu estou esperando ele chegar em casa pra ver o que vai acontecer e eu acho que eu vou ficar de castigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário